PIRACICABA, SÁBADO, 13 DE AGOSTO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

28 DE JUNHO DE 2022

Em discurso, vereador destaca Fórum de Lideranças Negras da RMP


Acácio de Godoy falou sobre encontro de lideranças da Região Metropolitana de Piracicaba, realizado no último final de semana, e analisou aplicação da Lei do Silêncio



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Vereador é membro do Fórum Permanente de Lideranças Negras da Região de Piracicaba






Em discurso regimental na noite desta segunda-feira (27), o vice-presidente da Câmara, vereador Acácio Godoy (PP), ressaltou a realização, no último final de semana, de encontro do Fórum Permanente de Lideranças Negras da Região Metropolitana de Piracicaba (RMP).

"Nós tivemos ali, também, pessoas da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial da OAB, tivemos também artistas, músicos e pessoas das religiões, tanto representando a pastoral afro da igreja católica quanto das religiões de matrizes africanas. Então, foi realmente um diálogo aberto entre diversas partes e muito produtivo", falou o parlamentar.

Segundo Acácio, durante o evento, os participantes debateram liberdade religiosa, empreendedorismo, educação, segurança pública, habitação, legislação e defesa e preservação da cultura. "É muito importante que nós façamos esse debate", disse.

Ele acrescentou: "falar de movimento negro é falar de cultura, sim, mas com a participação de todos. Também quero salientar que, agora, uma proposta que nós tivemos é que, como fomos o primeiro Parlamento de uma região metropolitana a ter este fórum, estamos levando, agora, para todos os Parlamentos das Regiões Metropolitanas do estado de São Paulo essa iniciativa".

O vereador também defendeu, durante seu discurso, um debate mais amplo sobre os limites da Lei do Silêncio na cidade, cuja flexibilização foi tema de diversas falas de oradores que discursaram na tribuna popular da Câmara: 

"Não defendemos aquela bagunça que acontece sem regra, na porta de pessoas idosas, doentes, fora de horário, que você não encontra o dono da bagunça. Estou falando de empresas estabelecidas, com CNPJ, que você tem no cartão do CNPJ quem são os proprietários que trabalham e recolhem impostos e, aí, a gente está impondo muitas vezes uma regra simplesmente impraticável, pois seguimos uma orientação técnica que não se aplica no mundo real, e não são poucas as regras que tem essa incoerência, não são poucas. Então, nós chamamos o debate, sim, porque não podemos ser reféns apenas do regramento, senão ele vira letra morta", ponderou o parlamentar.

O discurso completo de Acácio Godoy pode ser visto no canto superior da página.



Texto:  Fabio de Lima Alvarez - MTB 88.212
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Legislativo Acácio Godoy

Notícias relacionadas