PIRACICABA, DOMINGO, 3 DE JULHO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

20 DE MAIO DE 2022

"É possível sanar o problema, é só querer", diz vereador sobre esgoto


Paulo Camolesi, em discurso na tribuna, apresentou vídeos sobre fiscalização "caça esgoto" em pontos do Piracicamirim. Vereador propõe projeto "Pesca no Pisca".



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 Salvar imagem em alta resolução

Paulo Camolesi em discurso durante a 19ª reunião ordinária de 2022






Os relatos sobre a busca por pontos irregulares de despejo e extravasamento de esgoto ao longo do curso do ribeirão Piracicamirim foram a tônica do discurso do vereador Paulo Camolesi (PDT) na noite da última quinta-feira (19), durante a 19ª reunião ordinária de 2022.

À tribuna, Camolesi apresentou vídeos por ele gravados, na companhia do vereador Thiago Ribeiro (PSC), debaixo de pontes que cruzam o Piracicamirim, nos bairros Serra Verde e Alvorada, e também na avenida Rio das Pedras, no acesso aos bairros Sol Nascente e Cecap. Nestes pontos, os vereadores constataram supostos pontos de despejo de esgoto.

Os parlamentares também gravaram uma espécie de bueiro, no Terra Rica, nas proximidades do Hospital Ilumina, que vertia fartos litros de uma água cinzenta em direção a um canavial da região. Eles também localizaram um suposto ponto de despejo no Jardim Oriente.

"Nós temos, desde a outra gestão, o projeto "Pesca no Pisca", que é voltar a pescar no Pisca [ribeirão Piracicamirim]. Mas para isso aconteça, tem que sanar o problema do esgoto. (...)  É possível sanar o problema, só é preciso ter boa vontade e querer. É possível", disse o parlamentar. 

Camolesi também falou sobre outras ações do seu mandato, como por exemplo a participação em reuniões de grupos temáticos sobre o meio ambiente, e propôs a maior povoação de peixes no lago do parque da Rua do Porto: "falamos com o secretário nesta semana, ele achou a ideia legal, vai tentar com alguma empresa e ver se é possível. Soltar tilápia, que é um peixe exótico que se multiplica muito e muitas famílias, pais e mães, crianças, podem ir lá pescar para se divertir ou levar como mistura para casa", concluiu.



Texto:  Fabio de Lima Alvarez - MTB 88.212
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Legislativo Paulo Camolesi

Notícias relacionadas