PIRACICABA, SEXTA-FEIRA, 16 DE ABRIL DE 2021
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

06 DE ABRIL DE 2021

Conselheiros aprovam novas palestras na Escola Legislativa


Inclusão social, sustentabilidade, saúde, defesa animal, justiça restaurativa e outras temáticas serão debatidas até o final do ano.



EM PIRACICABA (SP)  

Conselheiros aprovam novas palestras na Escola Legislativa

Conselheiros aprovam novas palestras na Escola Legislativa

Conselheiros aprovam novas palestras na Escola Legislativa

Conselheiros aprovam novas palestras na Escola Legislativa
Salvar imagem em alta resolução

Conselheiros aprovam novas palestras na Escola Legislativa



Na manhã desta terça-feira (6), às 8 horas, via on line, pela plataforma Zoom, em reunião mensal, os Integrantes do Conselho Escolar da Escola do Legislativo “Antonio Carlos Danelon – Totó Danelon”, da Câmara de Vereadores de Piracicaba se encontraram para avaliação e projeções das atividades de 2021, frente às demandas de entidades e voluntários que se pautam em contribuir com o fortalecimento da escola.

Na deliberação sobre a pauta do dia, após atualização do quadro de parcerias e avaliação do mês de março, os conselheiros aprovaram a realização de novas propostas de palestras, em diferentes temáticas e com a participação de pesquisadores renomados: “Embalagem Longa Vida: o que é e como reciclar?” - Ayri Rando, “Água, saúde e sustentabilidade” - Ivan Canale, “Uma visão ampliada sobre o Autismo” - Eliana Castro Saliba Piacentini, “Políticas Públicas e Inclusão do público-alvo da Educação Especial” - Gonçalves Mendes, “Cão-guia: um olhar para a vida” - Murilo Henrique Delgado Mariano. Além do curso “Práticas de justiça restaurativa nas Escolas”, por Osmar Ventris.

Os conselheiros também tomaram ciência do ofício nº 108/2021, em indicações de temáticas e palestrantes pela Fumep (Fundação Municipal de Ensino de Piracicaba). Além de avaliarem informes gerais e, colocar em prática, pela primeira vez, o expediente de 10 minutos reservados nas reuniões mensais, frente à grande demanda de ideias e inovações que surgem, onde qualquer conselheiro pode apresentar sugestões para reforçar a grade curricular, respeitando linhas temáticas e outras premissas a que a Escola do Legislativo de Piracicaba se preza.

Os conselheiros também ratificaram duas novas propostas a serem debatidas em datas oportunas, a exemplo da discussão sobre educação inclusiva, frente às desigualdades na aplicação das diretrizes curriculares; além da proposta de discussão sobre hortas e agroflorestas urbanas, o que poderá respaldar a criação de legislação específica para o setor, em conformidade com leis já em vigor em outras cidades brasileiras. 

O conselheiro Josué Lazier anunciou para as próximas reuniões, a elaboração de estudo para ciclo de conversas, com respaldo de magistrados na área penal e direito familiar, na avaliação das consequências da pandemia do coronavírus, em demandas que devem começar a surgir em Piracicaba, em casos que a Justiça será arrolada para conflitos familiares, como disputa de pensão e divórcios, além de casos de contaminações, onde a pessoa saberá onde teve início a fonte causadora, a exemplo de alguém que venha fazer uma entrega sem máscara; no passar por um estabelecimento que notadamente não cumpriu as exigências mínimas de proteção e prevenção à propagação do vírus.

No final da reunião os conselheiros reiteraram votos de sucesso à secretária da Escola do Legislativo, a servidora Ana Lúcia Gomes, que anunciou mudança de setor nos departamentos internos da Câmara, enfatizando que se coloca à disposição para contribuir com o crescimento da escola. Palavras como empatia, esmero, decidação e outros atributos pessoais foram elencados para registrar o legado deixado pela servidora frente aos trabalhos na secretaria escolar.

A próxima reunião do Conselho ficou marcada para o dia 4 de maio, terça-feira, via-online, 8 horas. A reunião foi coordenada pela diretora da Escola, vereadora Sílvia Morales (PV), e Pablo Carajol, do Mandato Coletivo A Cidade É Sua. Além da presença dos conselheiros: os professores Heliani Berlatto (Esalq/USP) e Josué Adam Lazier (Unimep). E, do vereador Pedro Kawai (PSDB), coordenador da Escola. E, o diretor do Departamento de Documentação e Transparência, Bruno Didoné de Oliveira.

Criada pelo decreto nº 63/2014, a Escola do Legislativo tem por objetivo a realização de ações voltadas à educação para a cidadania, difusão cultural, capacitação de agentes políticos e lideranças comunitárias, capacitação e atualização de corpo técnico, servidores e vereadores.



Texto:  Martim Vieira - MTB 21.939
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Escola do Legislativo Pedro Kawai Silvia Maria Morales

Notícias relacionadas