PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 28 DE JUNHO DE 2022
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

12 DE JANEIRO DE 2022

"Câmara Sustentável" inspira programa ambiental em Iracemápolis


"Câmara Verde", programa homólogo implementado na Câmara de Iracemápolis, é fruto de termo de cooperação entre legislativos piracicabano e iracemapolense.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (1 de 18) Salvar imagem em alta resolução

"Câmara Verde": substituição de copos plásticos por xícaras de porcelana e garrafas de alumínio é uma das etapas já implementadas em Iracemápolis

"Câmara Verde": substituição de copos plásticos por xícaras de porcelana e garrafas de alumínio é uma das etapas já implementadas em Iracemápolis
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (2 de 18) Salvar imagem em alta resolução

"Câmara Verde": instalação de placas solares e sistema de captação de água da chuva são os próximos a serem implementados, diz presidente da Câmara Municipal de Iracemápolis

"Câmara Verde": instalação de placas solares e sistema de captação de água da chuva são os próximos a serem implementados, diz presidente da Câmara Municipal de Iracemápolis
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (3 de 18) Salvar imagem em alta resolução

"Câmara Verde" também incentiva coleta seletiva de lixo entre parlamentares e frequentadores do prédio da Câmara Municipal de Iracemápolis

"Câmara Verde" também incentiva coleta seletiva de lixo entre parlamentares e frequentadores do prédio da Câmara Municipal de Iracemápolis
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (4 de 18) Salvar imagem em alta resolução

Lixeiras de coleta seletiva do programa "Câmara Sustentável", da Câmara Municipal de Piracicaba

Lixeiras de coleta seletiva do programa "Câmara Sustentável", da Câmara Municipal de Piracicaba
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (5 de 18) Salvar imagem em alta resolução

Segundo Gilmar Rotta, cooperação entre Câmaras é cada vez mais necessário

Segundo Gilmar Rotta, cooperação entre Câmaras é cada vez mais necessário
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (6 de 18) Salvar imagem em alta resolução

Jean Carlos Ferreira (Cidadania), presidente da Câmara Municipal de Iracemápolis

Jean Carlos Ferreira (Cidadania), presidente da Câmara Municipal de Iracemápolis
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (7 de 18) Salvar imagem em alta resolução

Termo de Cooperação é instrumento que permite a troca de experiências e de programas e projetos entre os poderes legislativos da região

Termo de Cooperação é instrumento que permite a troca de experiências e de programas e projetos entre os poderes legislativos da região
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (8 de 18) Salvar imagem em alta resolução

Plenário da Câmara Municipal de Iracemápolis

Plenário da Câmara Municipal de Iracemápolis
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (9 de 18) Salvar imagem em alta resolução

Prédio principal da Câmara Municipal de Piracicaba

Prédio principal da Câmara Municipal de Piracicaba
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (10 de 18) Salvar imagem em alta resolução

Vista para a praça do terceiro andar da Câmara Municipal de Iracemápolis

Vista para a praça do terceiro andar da Câmara Municipal de Iracemápolis
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (11 de 18) Salvar imagem em alta resolução

Plenário da Câmara Municipal de Iracemápolis

Plenário da Câmara Municipal de Iracemápolis
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (12 de 18) Salvar imagem em alta resolução

Jean Carlos Ferreira (Cidadania), presidente da Câmara Municipal de Iracemápolis

Jean Carlos Ferreira (Cidadania), presidente da Câmara Municipal de Iracemápolis
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (13 de 18) Salvar imagem em alta resolução

Plenário da Câmara Municipal de Iracemápolis

Plenário da Câmara Municipal de Iracemápolis
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (14 de 18) Salvar imagem em alta resolução

Jean Carlos Ferreira: "Piracicaba é referência em vários projetos"

Jean Carlos Ferreira: "Piracicaba é referência em vários projetos"
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (15 de 18) Salvar imagem em alta resolução

Gilmar Rotta (Cidadania), presidente da Câmara Municipal de Piracicaba

Gilmar Rotta (Cidadania), presidente da Câmara Municipal de Piracicaba
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (16 de 18) Salvar imagem em alta resolução

Jean Carlos Ferreira (Cidadania), presidente da Câmara Municipal de Iracemápolis

Jean Carlos Ferreira (Cidadania), presidente da Câmara Municipal de Iracemápolis
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (17 de 18) Salvar imagem em alta resolução

Jean Carlos Ferreira (Cidadania), presidente da Câmara Municipal de Iracemápolis

Jean Carlos Ferreira (Cidadania), presidente da Câmara Municipal de Iracemápolis
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 (18 de 18) Salvar imagem em alta resolução

Jean Carlos Ferreira (Cidadania), presidente da Câmara Municipal de Iracemápolis

Jean Carlos Ferreira (Cidadania), presidente da Câmara Municipal de Iracemápolis
Foto: Guilherme Leite - MTB 21.401 Salvar imagem em alta resolução

"Câmara Verde": substituição de copos plásticos por xícaras de porcelana e garrafas de alumínio é uma das etapas já implementadas em Iracemápolis



As Câmaras Municipais de Piracicaba e de Iracemápolis assinaram, no ano passado, um termo de cooperação recíproca, que permite às Casas Legislativas convenentes desenvolverem programas e projetos já em andamento em uma delas. A ideia é aproveitar o "know-how" acumulado pelas partes e dividir experiências, transformando-as em atividades que podem ser aproveitadas e adaptadas à realidade de cada uma das Casas. Com o convênio, Iracemápolis pode se inspirar em programas já implementados Piracicaba e vice-versa.

Em Piracicaba, o convênio é regulamentado por meio do decreto legislativo 4/2021 que, em sua justificativa, traz uma série de exemplos de iniciativas já implementadas no Legislativo piracicabano e que podem servir de base para o desenvolvimento de programas semelhantes em Iracemápolis.

É o caso do Parlamento Aberto, criado oficialmente criado em 25 de abril de 2019 por meio da resolução 4/2019, e que tem como pilares a transparência pública, a participação popular, a tecnologia e inovação e o apoio a iniciativas voltadas à educação e cidadania.

O Parlamento Aberto funciona como uma espécie de “guarda-chuva” para diversos projetos a ele ligados, a exemplo do “Conheça o Legislativo”, que traz à Câmara estudantes de escolas públicas e privadas da cidade para conhecerem mais de perto a história do município e o trabalho do parlamento e demais poderes instituídos, do “Projeto Parlamento Aberto vai à Escola”, que como seu nome próprio nome diz, leva representantes do Legislativo municipal a escolas da cidade, e do “Câmara Inclusiva”, que busca a melhoria e gradativa ampliação da acessibilidade na Câmara de Piracicaba, com a quebra de barreiras físicas e atitudinais na Casa para torna-la cada vez mais aberta e acessível, independentemente da condição física ou mental dos cidadãos.

Gilmar Rotta (Cidadania), presidente do Legislativo piracicabano, destaca que termos de cooperação como o firmado com Iracemápolis possibilitam uma união ainda maior entre as Câmaras da região, algo que tende a se tornar cada vez mais frequente ao passo que a Região Metropolitana de Piracicaba, que já conta com 24 cidades, consolida-se: “o Parlamento Aberto é um programa fruto do empenho de parlamentares e servidores da Casa, e que tem dado e continuará a dar resultados muito positivos, tornando a Câmara ainda mais transparente e capaz de atender aos anseios da população. Essa parceria com a Câmara de Iracemápolis, assim como parcerias com outras Câmaras da região, ainda mais agora que a Região Metropolitana de Piracicaba foi instituída, é fundamental e que traz benefícios para todos”.

“Logo que eu assumi a presidência da Câmara de Iracemápolis, a primeira visita oficial que eu fiz a outra Câmara da região foi para a de Piracicaba, e eu realmente fiquei encantado com toda a estrutura existente e com a forma as coisas são feitas, e nós aproveitamos e trouxemos para cá várias ações que lá foram implementadas e que deram certo. Acho que esse é o intuito, realmente apender, conhecer e trazer e implantar essas ideias na nossa cidade”, disse Jean Carlos Ferreira (Cidadania), presidente da Câmara Municipal de Iracemápolis.

Cooperação na prática – O que até pouco tempo constava apenas no papel, logo "ganhou vida" e tornou-se real. É o caso do “Câmara Verde”, programa implementado em Iracemápolis e inspirado no programa piracicabano “Câmara Sustentável”, que objetiva a mudança de mentalidades e adoção de práticas mais sustentáveis e menos agressivas ao meio-ambiente pelas pessoas que passam pelo legislativo.

“A Câmara de Iracemápolis vê Piracicaba como referência em vários projetos. Então, nós implantamos por aqui o 'Câmara Verde', baseado no 'Câmara Sustentável' de Piracicaba. Além da substituição dos copos plásticos utilizados por servidores e parlamentares da Casa por canecas de porcelana e garrafinhas de alumínio, nós pretendemos instalar, ainda neste ano, placas solares visando a geração de energia elétrica renovável e a implantação de uma sistema de captação e utilização de água pluvial, uma preocupação cada vez mais frequente com as recentes crises hídricas pelas quais recentemente temos observado. Nós também pretendemos diminuir em torno de 60% o uso de folhas sulfites aqui na Câmara”, complementou Jean Carlos Ferreira, que afirma ter recebido avaliações positivas por parte de servidores e da população que frequenta o prédio legislativo.

Além do “Câmara Verde”, Iracemápolis também estuda a viabilidade de implementação de outros programas já consolidados em Piracicaba, a exemplo da “Tribuna Popular”, instrumento disciplinado pela resolução 6/2019 que permite a qualquer cidadão, durante as reuniões camarárias ordinárias, discursar por até 10 minutos em plenário sobre temas livres. “Eu busquei realmente entender como funciona a Tribuna Popular em Piracicaba, mas eu ainda não debati aqui com a Mesa Diretora. Este é um ponto que eu quero trabalhar aqui na cidade, trazer a população para dentro da Câmara de Iracemápolis, trazer o povo para dentro da Câmara, que é a casa do povo”, disse o presidente do legislativo iracemapolense. 

Outro programa que, segundo Jean, pode num futuro próximo ser estudado como uma possibilidade para Iracemápolis, é a implementação de um Escola do Legislativo, a exemplo da existente na Câmara de Piracicaba, criada pelo pelo decreto legislativo 63/2014 e que oferece cursos de capacitação, palestras, e promove rodas de conversa e atividades afins sobre diversas temáticas voltadas a servidores, parlamentares e à população em geral.

“E eu vejo como muito bons olhos essa parceria com Piracicaba, e agradeço ao Legislativo piracicabano, na pessoa do presidente do legislativo Piracicabano, Gilmar Rotta, por essa cooperação e esse trabalho junto às Câmaras das cidades da região”, concluiu Jean Carlos Ferreira.



Texto:  Fabio de Lima Alvarez - MTB 88.212
Supervisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Vereadores Câmara Cidadania Escola do Legislativo Câmara Inclusiva Câmara Sustentável Transparência Gilmar Rotta

Notícias relacionadas