PIRACICABA, QUINTA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

03 DE ABRIL DE 2018

Plano Diretor: aula inicial de minicurso lota Salão Nobre


Foram registradas 160 inscrições para palestras e debate que ocorreram na tarde desta terça-feira (3)



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (1 de 2) Salvar imagem em alta resolução

Minicurso Plano Diretor lotou o Salão Nobre Helly de Campos Melges

Minicurso Plano Diretor lotou o Salão Nobre Helly de Campos Melges
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (2 de 2) Salvar imagem em alta resolução

Minicurso Plano Diretor lotou o Salão Nobre Helly de Campos Melges

Minicurso Plano Diretor lotou o Salão Nobre Helly de Campos Melges
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Minicurso Plano Diretor lotou o Salão Nobre Helly de Campos Melges


A aula inicial do minicurso Plano Diretor do Município, parceria da Escola do Legislativo e o Observatório Cidadão, contou com 160 inscrições e lotou o Salão Nobre “Helly de Campos Melges” na tarde desta terça-feira (3). O público reuniu participantes locais, mas também representantes de outras cidades. 

“O tema é muito interessante, principal sobre a área rural, porque em Holambra é muito importante”, disse Frans Schoenmaker, membro do Comitê Gestor do Plano Diretor e do Conselho de Desenvolvimento Urbano da “cidade das flores”. “A gente quer integrar no novo PDM tanto a parte urbana quanto a parte rural.” 

Ele explica que o processo de revisão ainda está na etapa inicial, quando ainda estão sendo levantados os pontos críticos e agendadas as oficinas para participação da população. “É interessante ver que aqui existem problemas muito parecidos com o que temos lá, como o aumento de loteamentos”, disse.

Também de Holambra, Maxwell Campos atua na GCA Consultoria, empresa contratada pela Prefeitura para oferecer assessoria na elaboração do Plano Diretor. “Uma das características principais da cidade é o envolvimento dos conselhos na elaboração do PDM vigente”, disse.

Campos explica que Holambra é uma cidade “muito jovem” e tem como marca o cooperativismo, por conta da base econômica estar ligada à produção de flores. “Lá temos pequenas propriedades, de um ou dois módulos rurais, onde se pratica um tipo de agricultura de alta tecnologia e que necessita de mão-de-obra”, disse. 

Sabrina Bakker é chefe da Casa da Agricultura, órgão ligado ao Governo do Estado de São Paulo. O interesse dela no minicurso se dá por integrar o Conselho de Desenvolvimento Rural de Piracicaba, responsável por revisar o plano temático voltado para a Zona Rural e que servirá de anexo ao PDM. 

“Um grande desafio da Zona Rural é deixar a Zona Rural com a sua função rural, de produção de alimentos e lazer, assim como a preservação ambiental”, disse. “Temos, ainda, que trabalhar em defesa da qualidade de vida para os produtores, já que hoje são muito comuns os loteamentos clandestinos, o que é ruim para todo mundo, tanto da Zona Rural e quanto da Zona Urbana”, disse. 

A presidente do Diretório Municipal do PT em Piracicaba, Penéloti Mendes, justifica a participação no minicurso pela busca do entendimento do Plano Diretor. “Enquanto cidadã, entendo que a revisão do PDM afeta a nossa cidade, então é muito importante saber, inclusive para poder debater as políticas públicas, é preciso ter respaldo para a sociedade discutir”, disse.



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337


Tópicos: Escola do LegislativoNancy Thame

Notícias relacionadas