PIRACICABA, SÁBADO, 19 DE OUTUBRO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

08 DE OUTUBRO DE 2019

Lair Braga defende ação no MP para anular eleição do conselho tutelar


Vereador classificou o que aconteceu de "esperteza, jogada política": "Numa cidade com mais de 200 mil eleitores, ter um local de votação é querer manipular uma eleição".



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Lair Braga ocupou a tribuna durante a reunião ordinária desta quinta-feira






Com fortes críticas à forma como foi organizada a eleição dos novos conselheiros tutelares de Piracicaba, o vereador Lair Braga (SD) defendeu medidas para anular o pleito que levou 3.175 pessoas às urnas no último domingo (6). A votação, facultativa, foi toda concentrada na Escola Estadual Sud Mennucci, no Centro, apesar de Piracicaba ter cerca de 290 mil eleitores.

"Diante de tudo isso, considero essa eleição ilegal e conclamo todos os membros desta Casa a ingressarem comigo com uma ação no Ministério Público cancelando essa eleição. Está lançado meu apelo a todos nós, representantes do povo. Com as reclamações que recebi, é realmente para ficar assustado", disse o vereador, na tribuna, durante a 57ª reunião ordinária, nesta segunda-feira (6).

Lair Braga classificou o que aconteceu de "esperteza, jogada política". "Numa cidade com mais de 200 mil eleitores, ter apenas um local de votação é querer manipular uma eleição. É visível, é claro. O povo não foi respeitado em todos os sentidos. Devemos entrar com uma ação coletiva e anular a eleição do conselho tutelar, não pelas pessoas que estão lá disputando, mas pela forma como foi organizada."



Texto:  Ricardo Vasques - MTB 49.918
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: LegislativoLair Braga

Notícias relacionadas