PIRACICABA, SÁBADO, 18 DE NOVEMBRO DE 2017 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

18 DE MAIO DE 2017

Gilmar pede aumento do teto do repasse do SUS a secretário da Saúde


Secretário nacional do Ministério da Saúde visitou a cidade, a convite do vereador Gilmar Rotta (PMDB)



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (1 de 10) Salvar imagem em alta resolução

Abdalla iniciou agenda em reunião com o prefeito e representantes da área da Saúde

Abdalla iniciou agenda em reunião com o prefeito e representantes da área da Saúde
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (2 de 10) Salvar imagem em alta resolução

Abdalla iniciou agenda em reunião com o prefeito e representantes da área da Saúde

Abdalla iniciou agenda em reunião com o prefeito e representantes da área da Saúde
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (3 de 10) Salvar imagem em alta resolução

Abdalla iniciou agenda em reunião com o prefeito e representantes da área da Saúde

Abdalla iniciou agenda em reunião com o prefeito e representantes da área da Saúde
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (4 de 10) Salvar imagem em alta resolução

Abdalla iniciou agenda em reunião com o prefeito e representantes da área da Saúde

Abdalla iniciou agenda em reunião com o prefeito e representantes da área da Saúde
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (5 de 10) Salvar imagem em alta resolução

Abdalla iniciou agenda em reunião com o prefeito e representantes da área da Saúde

Abdalla iniciou agenda em reunião com o prefeito e representantes da área da Saúde
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (6 de 10) Salvar imagem em alta resolução

Abdalla iniciou agenda em reunião com o prefeito e representantes da área da Saúde

Abdalla iniciou agenda em reunião com o prefeito e representantes da área da Saúde
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (7 de 10) Salvar imagem em alta resolução

Abdalla iniciou agenda em reunião com o prefeito e representantes da área da Saúde

Abdalla iniciou agenda em reunião com o prefeito e representantes da área da Saúde
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (8 de 10) Salvar imagem em alta resolução

Abdalla participou de reunião com vereadores na Sala da Presidência da Câmara de Vereadores de Piracicaba

Abdalla participou de reunião com vereadores na Sala da Presidência da Câmara de Vereadores de Piracicaba
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (9 de 10) Salvar imagem em alta resolução

Abdalla participou de reunião com vereadores na Sala da Presidência da Câmara de Vereadores de Piracicaba

Abdalla participou de reunião com vereadores na Sala da Presidência da Câmara de Vereadores de Piracicaba
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (10 de 10) Salvar imagem em alta resolução

Abdalla participou de reunião com vereadores na Sala da Presidência da Câmara de Vereadores de Piracicaba

Abdalla participou de reunião com vereadores na Sala da Presidência da Câmara de Vereadores de Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 Salvar imagem em alta resolução

Abdalla iniciou agenda em reunião com o prefeito e representantes da área da Saúde


A Câmara de Vereadores de Piracicaba reafirmou o pedido para aumento do teto de repasse do governo federal para o SUS na cidade, agora diretamente ao secretário do Ministério da Saúde para Gestão do Trabalho e Educação na Saúde, Rogério Luiz Zeraik Abdalla. “O que o município precisa, sem dúvida, é uma participação maior da União”, disse.

O representante do governo federal cumpriu agenda política na cidade, a partir de agenda marcada com o vereador Gilmar Rotta (PMDB). “Trouxemos o secretário à cidade para que ele conhecesse a estrutura de atendimento do município e pudesse, a partir de disso, contribuir para a melhoria no financiamento”, disse o parlamentar.

No final da tarde desta quinta-feira (18), Abdalla se reuniu com vereadores, na Sala da Presidência da Câmara de Vereadores de Piracicaba, quando recebeu moção pedindo cinco novas ambulâncias ao Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e também para restabelecimento do certificado de utilidade pública do Hospital dos Fornecedores de Cana (HFC). “Ele ficou impressionado com a qualidade da saúde em Piracicaba e entendeu a necessidade em aumentar os leitos na Saúde”, disse Rotta. 

Também participaram do encontro no Legislativo os vereadores Paulo Campos (SD), Nancy Thame (PSDB), Osvaldo Schiavolin, o Tozão (PSDB), Laércio Trevisan Jr. (PR), Adriana Sgrigneiro, Coronel Adriana (PPS), e Wagner de Oliveira (PHS).

PROGRAMAÇÃO - A agenda do secretário teve início na cidade às 9h, no Centro Cívico, em reunião com o prefeito Barjas Negri (PSDB), o secretário Pedro Mello (Saúde), o deputado estadual Roberto Morais (PPS), o provedor do Hospital Fornecedores de Cana, José Coral, o vice-provedor da Santa Casa, Alexandre Valvano Neto, além de representantes da APM (Associação Paulista de Médicos) e do Conselho Municipal de Saúde.

A visita de Abdalla foi definida por Gilmar Rotta em 30 de março, quando o parlamentar e o secretário Pedro Mello estiveram em Brasília para apresentar as reivindicações do município. O principal pedido do Executivo ainda diz respeito ao Hospital Regional, cujo prédio está pronto, mas não há recursos para entrar em funcionamento. Sua construção ocorreu com recursos municipais e coube ao Estado adquirir os equipamentos, mas a prefeitura necessita que o Governo Federal financie os 126 leitos, sendo preciso, para tanto, o aumento do teto do SUS em R$ 9.579.760,06 ao ano.

Segundo Pedro Mello, todas as solicitações no âmbito federal já foram feitas e falta apenas a resposta do Ministério da Saúde. “Com a vinda de mais recursos, conseguimos comprar mais leitos para tentar equacionar essa dificuldade, agravada com o envelhecimento da população e a migração das pessoas para a rede pública, diante da crise nacional.”

Barjas Negri disse que a cidade investe 29% do que é arrecadado com os tributos na saúde pública, quase o dobro da determinação legal, de 15%. “O município não tem condições de pagar os dois hospitais e ainda ativar o Hospital Regional sem o amparo do Governo Federal.”

O deputado Roberto Morais disse que o Governo do Estado de São Paulo tem cumprido o seu papel e que a expectativa é de uma sinalização positiva em Brasília. “A partir de emendas parlamentares, trouxemos R$ 600 mil para a compra de equipamentos do HFC e da Santa Casa. É preciso lembrar que a rede de saúde de Piracicaba atende 26 cidades da região.”

Quanto ao HFC, Adalla se comprometeu a buscar alternativas para que a entidade renove o Certificado das Entidades Beneficentes de Assistência Social em Saúde (Cebas), que garante isenção fiscal ao hospital. A renovação foi indeferida porque o HFC não atendeu a uma portaria de credenciamento. “Enviamos ao Ministério da Saúde as 1200 manifestações públicas de apoio ao hospital, o apoio de vereadores e de 70 deputados. A única coisa que sabemos é que o processo está no Departamento Jurídico do Ministério da Saúde, aguardando parecer. Estamos preocupados, pois seria um suicídio perdermos o título de entidade filantrópica”, declarou José Coral.

Outra dúvida da prefeitura diz respeito ao programa Mais Médicos, que conta na cidade com 25 unidades ocupadas por intercambistas cubanos, cujos contratos terminam até o fim do semestre, mas não há uma previsão se outros profissionais serão enviados ao município. Abdalla informou que o Ministério da Saúde irá repor o quadro, mas a tendência é de aproveitar médicos brasileiros que se graduaram no exterior e tiveram seus diplomas revalidados no país.

Além da visita ao Centro Cívico e à Câmara, Abdalla conheceu o Hospital Regional, a Santa Casa e o HFC.



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337 Rodrigo Alves - MTB 42.583


Tópicos: SaúdeGilmar Rotta

Notícias relacionadas