PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

13 DE SETEMBRO DE 2019

Dia Municipal do Luthier é lembrado com homenagens a 6 profissionais


Iniciativa do vereador Paraná destaca uma das profissões mais antigas



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (1 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (2 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (3 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (4 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (5 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (6 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (7 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (8 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (9 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (10 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (11 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (12 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (13 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (14 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (15 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (16 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (17 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (18 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (19 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 (20 de 20) Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba
Foto: Davi Negri - MTB 20.499 Salvar imagem em alta resolução

Solenidade homenageou seis profissionais que atuam em Piracicaba






Seu trabalho é silencioso e solitário. Requer atenção especial aos detalhes e um ouvido apurado. O luthier, uma das profissões mais antigas, frequentemente é comparado a um artesão. Porém, mais do que esculpir, precisa escolher a madeira e crinas adequadas, identificar defeitos e ruídos para que, ao final, no palco, o instrumento seja a extensão do próprio músico.

Amigo de longa data de um luthier da cidade, ao perceber que o ofício está cada vez mais em extinção, o vereador Aldisa Vieira Marques, o Paraná (CID), apresentou o projeto de lei 324/2018, aprovado na Câmara em 1º de abril e que deu origem à lei municipal 9.153/2019, para a inclusão do Dia Municipal do Luthier no Calendário Oficial de Eventos do Município de Piracicaba.

Como forma de marcar a data, Paraná solicitou a realização de uma reunião solene na Câmara, via requerimento 331/2019. Para a primeira homenagem, ele enalteceu não apenas a trajetória de seu amigo luthier, Antonio Augusto Vechine, como ainda Waldir Belluco (há 62 anos na área), Beto Nalin, Marcelo Correia Leite, Daniel Dobre e Jonas Delamuta (confira currículo de cada um abaixo). A solenidade ocorreu nesta sexta-feira (13), no Salão Nobre Helly de Campos Melges.

Segundo Paraná, a intenção da data é a de ampliar a divulgação do trabalho promovido pelos profissionais. “Conhecendo o Vechini há muitos anos, sempre tomando um cafezinho em sua oficina, veio a ideia de fazer a homenagem. É uma grande honra e estou feliz em reconhecer esses profissionais, que se dedicam tanto ao trabalho. Ninguém se apresenta bonito em um palco, sem o trabalho deles”, disse.

Para atestar o fato de que a profissão é uma das mais antigas, o pastor da Igreja Antioquia, Valdemir Graia, explicou que o primeiro relato bíblico sobre o criador do instrumento musical está no livro do Gênesis, capítulo 4, versículo 21. Nele, há a menção a Jubal, o sexto descendente de Caim, o pai de todos que tocam harpa e flauta. “Muitas noites são agraciadas por causa de vocês. Muitas pessoas acontecem e fazem sucesso porque vocês mantêm uma cultura viva, contínua e constante. São anônimos, mas produtores de alegrias”, disse.

Waldir Belluco, que falou em nome dos homenageados, fez um relato de sua história. Ele começou a tocar em orquestras em 1956. Descobriu a luteria logo depois, ao surgirem problemas em seu violino e ser informado que a manutenção só poderia ser feita em São Paulo. Por conta própria, trocou o cavalete e aprendeu sobre a troca da crina do arco. "Começaram a surgir mais serviços, de uma cidade e de outra, sem fazer uma propaganda sequer”, descreveu, ao destacar ainda curiosidades do dia a dia do luthier. “Não é apenas uma profissão, é um gosto muito especial pelo que faço”, completou.

A solenidade contou com apresentação do grupo musical School of Rock, composto por Francianne Vieira na flauta, Luciano Vieira no violão e Feu Mattos no violão e vocal.

OS HOMENAGEADOS –– Antonio Augusto Vechine conserta e faz afinação de instrumentos de sopros há 20 anos. Ele se interessou pelo ofício depois de consertar a flauta do filho.

Beto Nalin, também produtor musical e guitarrista, está há 15 anos na área. Reforma e faz manutenção de instrumentos de cordas, percussão, baterias, tambores, entre outros.

Daniel Dobre está na cidade desde 2004, atuava em Ribeirão Preto. Restaura e faz manutenção de instrumentos de cordas há 20 anos, por influência do pai.

Jonas Delamuta constrói, restaura e regula instrumentos de cordas e se formou no ano de 2016 em luteria, no Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos, em Tatuí. Ele abriu sua oficina em 2018.

Marcelo Correia Leite está na área desde 2005 e tem especialidade no restauro de instrumentos de cordas, é também professor e músico.

Waldir Belluco começou a estudar violinos aos 10 anos e está na luteria deste 1957, atende mais de 30 cidades no restauro e conserto de violino, viola de arco, violoncelo e contrabaixo e também é bancário aposentado.

EXPOSIÇÃO –– No hall do salão nobre, o público pode conferir a exposição A Arte da Luteria, com 14 fotografias de autoria de Rodrigo Alves e sob curadoria de Fabrice Desmonts, servidores efetivos do Departamento de Comunicação. As imagens ficam em cartaz até o dia 20 e demonstram a atuação dos luthiers de Chicago, Henrike Hahn e Mitsugu Gomikawa, que estiveram na cidade em 2016, quando ministraram oficina de luteria a estudantes de música erudita.



Texto:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: HomenagemAldisa Marques

Notícias relacionadas