PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

21 DE SETEMBRO DE 2018

Organizadora do Curau agradece empenho da Câmara em aprovar projeto


Mariana Cristina Pedroso ocupou a Tribuna Popular na 54ª reunião ordinária



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Sétima edição acontece entre 21 e 23 de setembro, com mais de 40 horas de programação






Ocupou a Tribuna Popular nesta quinta-feira (20), na 54ª reunião ordinária, Mariana Cristina Pedroso, que agradeceu a Câmara pela aprovação do projeto de lei 217/2018, que instituiu no Calendário Oficial de Eventos do Município o Festival Culturas Regionais e Artes Urbanas (Curau), atualmente na sétima edição, com atividades entre os dias 21 e 23, no Largo dos Pescadores. A iniciativa da propositura é da vereadora Nancy Thame (PSDB).

Esta edição soma mais de 40 horas de programação, disse Mariana, ao lembrar ainda que, em cada ano, em torno de 5 mil pessoas comparecem às atividades. Ela explicou que o festival surgiu para unir os movimentos de culturas tradicionais e contemporâneos da cidade: cururu, batuque de umbigada, samba de lenço, Casa do Hip Hop, Respira e Arapira. "Ao longo destes sete anos, tivemos o apoio da Semactur (Secretaria Municipal da Ação Cultural e Turismo), Esalq/USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), Sesc, Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba) e Projeto Guri, além de dois editais do ProAC (Programa de Ação Cultural)."

Para ela, a importância do Curau está em atrair o público jovem, que tem a oportunidade de estar em contato com as culturas que devem ser mantidas na cidade. "A gente acredita na cultura tradicional e nas expressões populares", completou.

Como exemplo, Mariana citou a apresentação do cururueiro Moacyr Siqueira com MCs de hip hop. "Essas culturas e expressões não estão enterradas, essas pessoas existem. São mestres e mestras batuqueiras, tocadores de viola, poetas... eles estão em suas casas e dificilmente são acessados."

Para além das ações que acontecem durante o festival, Mariana acredita que o Curau serviu para despertar o olhar da geração jovem sobre a importância da preservação da cultura tradicional, de produtores a estudantes de jornalismo, por exemplo. O próprio Curau se preocupou em fazer um documentário com vários nomes, disse.

O vereador Jonson Sarapu de Oliveira, o Maestro Jonson (PSDB), lembrou que o maior patrimônio de um povo é a sua cultura. "Piracicaba é uma das poucas cidades que tem, no seu hino, uma moda de viola caipira. Vocês são verdadeiros heróis por fazerem esse trabalho."

Segundo a vereadora Nancy Thame (PSDB), a intenção em formular um projeto de lei para inclusão do Curau no Calendário de Eventos do Município foi a de valorizar e trazer a Casa de Leis para o resgate e valorização da cultura.



Texto:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: Tribuna PopularOsvaldo Schiavolin

Notícias relacionadas