PIRACICABA, DOMINGO, 16 DE JUNHO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

18 DE FEVEREIRO DE 2019

Nancy Thame realiza visita técnica do Fórum de Sustentabilidade


Melhoria Habitacional é tema de reunião no Sindicato dos Arquitetos do Estado de São Paulo



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Assessoria parlamentar (1 de 4) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Assessoria parlamentar (2 de 4) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Assessoria parlamentar (3 de 4) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Assessoria parlamentar (4 de 4) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Assessoria parlamentar Salvar imagem em alta resolução


O Fórum de Gestão e Planejamento Territorial Sustentável de co-autoria do vereador Paulo Serra e autoria da vereadora Nancy Thame, desde início das atividades, pauta a problemática da “Regularização Fundiária” no município.

No intuito de entender melhor o programa de Assessoria Técnica à Habitação de Interesse Social (ATHIS), a vereadora Nancy Thame (PSDB) esteve, na tarde de quinta-feira (14), acompanhada de integrantes do Fórum, no Sindicato dos Arquitetos do Estado de São Paulo (SASP) para conhecer e entender os projetos de regularização e melhorias habitacionais, assegurado por meio de Lei Federal.

“Foi uma reunião relevante para tratar de avanços nas áreas habitacionais de Piracicaba. O programa de ATHIS em São Paulo é feito de maneira coletiva com órgãos, instituições públicas, privadas, com objetivo de atender às comunidades de baixa renda que carecem de moradias, espaços urbanos de melhor qualidade, seguros, sustentáveis, econômicos, saudáveis”, destacou a legisladora.

O Presidente do SASP (Sindicato dos Arquitetos no Estado de São Paulo), Maurílio Ribeiro Chiaretti, explicou que, por meio dos departamentos e diretoria, recebe as demandas das comunidades e na sequência dá início à sua aproximação com as mesmas, ouvindo necessidades, conflitos, histórias, agentes envolvidos, dificuldades e potencialidades no pleito pela moradia digna.

“Após o processo, o Sindicato constrói com as lideranças comunitárias uma agenda política e um conjunto de propostas de cooperação, realizando, para isso, atividades como assembleias, eventos, oficinas práticas de organização, formação, geração de renda; notas e mobilizações na defesa jurídica e midiática do acesso à terra; apoio às mais diversas campanhas emergenciais de arrecadação de alimentos, roupas, móveis, remédios, dentre outras ações; participação em reuniões de negociação com órgãos públicos e demais agentes sociais; apoio na formalização das organizações de representação da comunidade, entre outros. Na medida em que se firmam laços de cooperação estáveis, o SASP passa a levar grupos de arquitetos e estudantes para conhecerem as comunidades, fazendo visitas, participando de ações pontuais que buscam a capacitação na prática e a consolidação dos escritórios técnicos sociais”, enfatiza Chiaretti.

As propostas de intervenção são levantadas e estruturadas a partir da organização da própria comunidade em uma cooperação com o Sindicato que antecede qualquer ação de construção para beneficiar os moradores.



Texto:  Assessoria parlamentar
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: Fórum Gestão e Planejamento Territorial SustentávelNancy Thame

Notícias relacionadas