PIRACICABA, TERÇA-FEIRA, 20 DE AGOSTO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

13 DE AGOSTO DE 2019

Pedro Kawai apoia iniciativa voltada aos ostomizados


Leandro Ribeiro, Mouzart Benedito e André Mathias tem planos para a criação de uma associação e procuraram o parlamentar para obter apoio.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Pedro Kawai em reunião com Leandro Ribeiro, Mouzart Benedito e o André Mathias.



Na manhã desta terça-feira (13), o vereador Pedro Kawai (PSDB) recebeu em seu gabinete o administrador público Leandro Ribeiro, o comerciante Mouzart Benedito e o publicitário André Mathias, para orientá-los com a criação de uma associação para apoiar as pessoas ostomizadas, na cidade de Limeira.

Os membros da futura associação buscam parceiras, suporte e visibilidade para o trabalho que estão se dedicando. “Queremos levar esse trabalho para o maior número de pessoas possível”, disse Leandro Ribeiro.

A intenção do projeto é fazer com que a população reconheça as dificuldades enfrentadas pelas pessoas ostomizadas e quão é importante obter adaptações para elas, além de conscientizar as famílias e sobre os problemas enfrentados com a bolsa e assistência, o que ocorre com frequência.

Pedro Kawai citou elementos importantes da lei municipal 7.733/2013, de autoria do mesmo, no qual os pacientes necessitam da carteirinha de identificação de otimizado para utilizar em estabelecimentos ou locais públicos.

“Em Piracicaba temos 300 cadastros, ou seja, é aquele 1% da população que precisa ser atendido”, esclareceu aos membros.

Além disso, Kawai e os associados ressaltaram a implementação do assunto dentro de escolas e universidades, já que são locais em essa situação passa despercebida. “Acreditamos que, se uma escola receber uma palestra, os alunos terão reconhecimento sobre o assunto”, comentou André Mathias.

Em busca de auxílio, Kawai orientou que o melhor caminho é procurar apresentar o projeto para o poder público, buscar parceiras com fabricantes de bolsas, secretários e assistentes sociais. “Quando há uma equipe a força da cobrança ao Estado é maior e ajuda no atendimento”, explicou o vereador.



Texto:  Fernanda Rizzi
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: CidadaniaPedro Kawai

Notícias relacionadas