PIRACICABA, DOMINGO, 22 DE SETEMBRO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

06 DE SETEMBRO DE 2018

'Olhares Reminiscentes' reúne histórias, sentimentos e orgulho japonês


Exposição em comemoração dos 100 anos da imigração japonesa em Piracicaba foi produzida por estagiários do Departamento de Comunicação da Câmara.



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Thaís Passos (1 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Felipe Stevanatto produziu as ilustrações de cada fotografado

Felipe Stevanatto produziu as ilustrações de cada fotografado
Foto: Gustavo Annunciato - MTB 58.557 (2 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Exposição está localizada no hall do salão nobre da Câmara

Exposição está localizada no hall do salão nobre da Câmara
Foto: Gustavo Annunciato - MTB 58.557 (3 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Exposição está localizada no hall do salão nobre da Câmara

Exposição está localizada no hall do salão nobre da Câmara
Foto: Gustavo Annunciato - MTB 58.557 Salvar imagem em alta resolução

Exposição está localizada no hall do salão nobre da Câmara



Em frente à câmera, olhares reminiscentes. Por trás dela, o cuidado em retratar a sensibilidade marcada na visão de uma história centenária.

Nesta sexta-feira (7), a imigração japonesa em Piracicaba comemora 100 anos da chegada das primeiras 40 famílias à cidade, buscando um recomeço, em 1918. Para celebrar a data, além da solenidade promovida pelo vereador Pedro Kawai (PSDB) no Salão Nobre às 9h, a Câmara lançará a exposição "Olhares Reminiscentes", composta por fotos e ilustrações dos estagiários Sidney Junior, Thaís Passos e Felipe Stevanatto. 

A mostra expressa a coragem dos primeiros japoneses que desembarcaram no município, enfrentando uma nova cultura e lutando para manter suas origens sempre vivas. Vinte e oito olhares foram fotografados e ilustrados a partir das fotos.

A maioria delas foi tirada durante as gravações do documentário "Kansha: 100 anos da imigração japonesa em Piracicaba", que também terá a primeira exibição oficial nesta sexta-feira. Os trabalhos tiveram início em maio, juntamente com a produção do documentário.

"São retratos dos personagens do documentário. Cada olhar remete ao passado", resumiu Sidney. "As fotos foram feitas em preto e branco, com iluminação natural e artificial, com o foco no olhar e o desfoque ao fundo. Quisemos passar o sentimento de luta", explicou. A curadoria da exposição é dos repórteres fotográficos da Câmara, Davi Negri e Fabrice Desmonts.

Abaixo de cada retrato acompanha a ilustração feita por Felipe, estudante de Design Gráfico. "Um dos grandes marcos da cultura japonesa no Brasil é o desenho, que traz consigo o mangá e o anime. Muitas pessoas conhecem a cultura japonesa primeiramente por isso. Então pensamos em inserir ilustrações que remetessem ao estilo japonês, o que fortifica a ideia do todo e faz menção também às fotos e ao documentário, complementando-se", conta Felipe.

Para os estagiários do Departamento de Comunicação da Câmara, o trabalho não apenas engrandeceu a experiência, como também contribuiu para "o conhecimento de uma cultura tão rica, de pessoas tão especiais".

"Foi muito importante, pois houve o trabalho em equipe de todos, essencial para o resultado final. Além disso, tivemos a oportunidade de conhecer uma história centenária, de pessoas que nunca havíamos conhecido. Tenho orgulho de retratá-las, pois cada olhar transmite uma história. Isto é a exposição: o olhar, a história e, mais do que tudo, o sentimento", completa Sidney.

A solenidade em comemoração dos 100 anos da imigração japonesa em Piracicaba, assim como a abertura da exposição e a exibição do documentário "Kansha" acontece nesta sexta-feira, a partir das 9h, no hall do salão nobre da Câmara.



Texto:  Thaís Passos
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Ricardo Vasques - MTB 49.918


Tópicos: CulturaPedro Kawai

Notícias relacionadas