PIRACICABA, QUINTA-FEIRA, 20 DE JUNHO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

24 DE ABRIL DE 2019

Sobrevivente compartilha horrores do holocausto com estudantes


O romeno Joshua Strul, nos seus 86 anos, rememorou quando tinha 9 e viu parte das atrocidades dos nazistas na eliminação de seis milhões de judeus



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Sidney Jr (1 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (2 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (3 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Joshua Strul

Joshua Strul
Foto: Sidney Jr (4 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (5 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (6 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (7 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (8 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (9 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (10 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (11 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (12 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (13 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (14 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (15 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (16 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (17 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (18 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (19 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (20 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Aline Bueno

Aline Bueno
Foto: Sidney Jr (21 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (22 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (23 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (24 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (25 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (26 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (27 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr (28 de 28) Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto
Foto: Sidney Jr Salvar imagem em alta resolução

Estudantes da Abigail Grillo vislumbram os horrores do holocausto



Passados mais de setenta anos do fim da Segunda Guerra Mundial, os horrores do holocausto, que resultou na morte de milhões de judeus e outros grupos perseguidos pelo regime nazista de Adolf Hitler, foram compartilhados por um sobrevivente em conversa com jovens estudantes, com idade entre 14 e 18 anos, na manhã desta quarta-feira (24).

A Câmara de Vereadores de Piracicaba, sob a coordenação do vereador André Bandeira (PSDB), promoveu evento interativo com cerca de 150 alunos do 1º ao 3º ano do ensino médio da Escola Estadual "Prof. Abigail de Azevedo Grillo", na Vila Rezende. O escritor Marcio Pitliuk, da cidade de Itú e o romeno Joshua Strul, de São Paulo, participaram da conversa com os estudantes.

André Bandeira destacou a importância de as novas gerações não perderem de vista a perspectiva do que foi este período na história da humanidade, "para que tais fatos não ocorram nunca mais".

O parlamentar também enfatizou a sensibilização que o tema provoca, em experiência para toda a vida, e reiterou que os alunos compartilhem do aprendizado, sendo agentes propagadores dos relatos dos sobreviventes, rogando para que o diálogo e o respeito ao próximo possam sempre prevalecer nas relações humanas.

André Bandeira é o autor do requerimento 101/2019, que assegura a realização de evento solene na Câmara, para marcar o Dia da Lembrança, criado em Piracicaba conforme a lei municipal 6.316/2008, de iniciativa do ex-vereador João Manoel dos Santos, em ato que deve acontecer sempre em abril.

No evento desta manhã, os alunos também puderam conferir as explanações de Marcio Pitliuk, autor de "O homem que venceu Hitler", profundo conhecedor da Segunda Guerra Mundial e um dos maiores especialistas brasileiros do holocausto, que na oportunidade falou em nome da Comunidade Israelita do Estado de São Paulo e agradeceu o papel da Câmara em reconhecimento a esta causa.

Joshua Strul, romeno de 86 anos, a completar no próximo dia 9 de maio, mora em São Paulo e veio a Piracicaba pela primeira vez. Ele discorreu sobre o legado que carrega, no compromisso de difundir um pouco do que foi e viveu dos horrores do holocausto, onde supostamente uma nação considerada de primeiro mundo, no caso a Alemanha, por intermédio do nazismo, tendo Hitler como liderança protagonizou a tentativa de eliminação total de judeus, negros, homossexuais, pessoas com deficiência, maçons, ciganos, católicos, testemunhas de Jeová, prisioneiros de guerra, sindicalistas e comunistas.

Joshua falou da perda do irmão caçula, que morreu aos dois anos de idade, por inanição; do sofrimento de sua família de sete irmãos, que, mesmo atuando no ramo de gêneros alimentícios, passou por extrema penúria, onde sua mãe colhia grama do campo para não morrer de fome.

Também comentou sobre os rigores do inverno, em que exércitos como os de Napoleão e os próprios nazistas sucumbiram perante o frio russo, de 40 graus negativo, sendo que sua família não contava com roupas adequadas.

Joshua ainda comentou sobre a fatídica viagem dos judeus nos "trens da morte" e que, embora não tenha feito parte desta jornada, acompanhou o drama dos judeus. O romeno não mediu esforços para responder aos mais diferentes questionamentos dos alunos sobre o que foi o holocausto.

Daniel Rosenthal representou a Federação Israelita do Estado de São Paulo, seguido por Willian Bueno, da Loja Maçônica Liberdade e Trabalho. O vice-diretor da escola "Abigail Grillo", Marcelo Valle, também integrou a mesa diretiva dos trabalhos, acompanhado pelo professor Amauri Tolotti, que agradeceu a realização do evento, pontuando que, dentre as inúmeras escolas estaduais em Piracicaba, a "Abigail Grillo" foi a escolhida para recebê-lo.O vereador da cidade de Itú, Ricardo Giordani também integrou a mesa diretiva do evento.

Os alunos: Vitória, Monike, Marcele, Jomatas, Samira, Patrick e Amanda participaram de momento especial, no acendimento das sete velas que remetem ao símbolo judaico, com ênfase às minorias, incluindo prisioneiros de guerra que foram eliminados pelos nazistas.

Aluna do Colégio Anglo Cidade Alta, Aline Bueno, 2º ano do ensino médio, entoou o hino de Israel. A sequência do evento também contou com a exibição de vídeo demonstrando os horrores do holocausto, com depoimentos de sobreviventes que deixaram para a posteridade os mais terríveis relatos de histórias vividas, a exemplo de nazistas que disputavam entre si para ver qual criança jogada sobre espetos chegaria morta primeiro ao chão.

Beathriz Salvador, 17, aluna do 3º ano do ensino médio da "Abigail Grillo", registou satisfação em ter participado do evento. "Aprendi muito nas palestras, o que veio reforçar um pouco mais do que já sabia sobre este terrível período que foi a Segunda Guerra Mundial, principalmente em função do holocausto. Espero que isso nunca mais ocorra com a humanidade", disse.



Texto:  Martim Vieira - MTB 21.939
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: CidadaniaAndré Bandeira

Notícias relacionadas