PIRACICABA, DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

29 DE MAIO DE 2019

Paulo Henrique homenageará Sérgio Moro por operação Luz na Infância


Vereador reconhece atuação de ministro na prisão de 137 pessoas em 24 unidades da federação



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Moção foi protocolada pelo vereador nesta quarta-feira



O vereador Paulo Henrique Paranhos Ribeiro (REP) protocolou nesta quarta-feira (29) uma moção de aplausos a Sérgio Moro, ministro da Justiça e Segurança Pública, em reconhecimento à operação Luz na Infância, deflagrada pelo seu ministério e que apura crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes na internet. A propositura terá entrada na próxima reunião ordinária, que acontece nesta quinta-feira (30) e depois será submetida para análise dos parlamentares em plenário.

A ação resultou na prisão de 137 pessoas em 24 unidades da federação, com atuação e coordenação do MJSP e dos policiais civis de 26 Estados e Distrito Federal. As operações nacionais buscam identificar os autores dos crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados pela internet. O trabalho também contou com a equipe do Laboratório de Inteligência Cibernética da Secretaria de Operações Integradas.

No texto da moção, Paulo Henrique lembra que o abuso e exploração sexual infantil é um crime intolerável e grave que atinge os mais vulneráveis e mais valiosos na sociedade, que são nossas crianças e adolescentes.

A Secretaria de Operações Integradas (Seopi) do MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública) tem a coordenação de operações entre os órgãos de segurança pública federais e estaduais e, revela a amplitude e o sucesso das investigações realizadas pelas Operações Luz na Infância.

As pesquisas, investigações, troca de dados cibernéticos e de informações de inteligência foram de suma importância para a realização das operações, em especial a Operação Luz na Infância 4, sendo a primeira operação integrada de investigação e repressão a crimes coordenada pela Seopi.

Ainda no texto da moção, o vereador destaca o posicionamento de especialistas na área de laboratório de inteligência, de que o ambiente cibernético é um território sem lei, em que os criminosos não serão descobertos pelos seus atos. "Mas as operações, através das equipes e as policias civis, tem capacidade para buscar evidências nesse ambiente, identificando os autores dos crimes no ambiente da internet", diz Paulo Henrique.



Texto:  Assessoria parlamentar
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Tópicos: LegislativoPaulo Henrique

Notícias relacionadas