PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 15 DE AGOSTO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

11 DE MAIO DE 2018

Secretário de trânsito descarta rodízio municipal em Piracicaba


Jorge Akira foi o convidado do programa "Câmara Convida" desta sexta-feira (11). Os 25 anos da Semuttran e a campanha institucional "Maio Amarelo" foram destaque



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Thaís Passos (1 de 3) Salvar imagem em alta resolução

"Câmara Convida" vai ao ar, ao vivo, às sextas-feiras ao meio-dia

"Câmara Convida" vai ao ar, ao vivo, às sextas-feiras ao meio-dia
Foto: Thaís Passos (2 de 3) Salvar imagem em alta resolução

Jorge Akira concedendo entrevista nos estúdios da TV Câmara

Jorge Akira concedendo entrevista nos estúdios da TV Câmara
Foto: Thaís Passos (3 de 3) Salvar imagem em alta resolução

"Câmara Convida" recebeu o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Jorge Akira

"Câmara Convida" recebeu o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Jorge Akira
Foto: Thaís Passos Salvar imagem em alta resolução

"Câmara Convida" recebeu o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Jorge Akira


Titular da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Semuttran), Jorge Akira descartou a implantação de rodízio municipal devido ao grande número de veículos circulando em Piracicaba (SP). Entrevistado do programa “Câmara Convida”, da TV Câmara, que foi ao ar no início da tarde desta sexta-feira (11), Akira comentou também dos 25 anos da Semuttran e da campanha institucional “Maio Amarelo”, que visa a conscientização dos motoristas sobre os riscos de acidentes.

Sobre o número de veículos automotores registrados na cidade, ele atualizou os dados: são 307 mil licenciados em Piracicaba para uma população de aproximadamente 400 mil habitantes, “o que equivale a um veículo para 1,3 habitantes”, explicou. “Não existe a necessidade de rodízio porque o anel viário – entregue pelo governo do Estado em 2016 – retirou de dentro da cidade os veículos considerados de passeio”.

Durante sua participação na programação ao vivo da TV Câmara ressaltou que a Semuttran – criada na gestão do então prefeito Antônio Carlos de Mendes Thame -, não só gerencia o trânsito urbano, mas os transportes públicos, a exemplo dos seis terminais municipais de ônibus, além de ser a responsável em emitir os laudos de vistorias a taxistas, moto-taxistas, vans e ônibus escolares. São 70 funcionários que se revezam em quatro turnos de trabalho 24 horas por dia.

Para a fiscalização do trânsito a Semuttran ganhou recentemente dois novos aliados: a Guarda Civil e a Polícia Militar, que passaram a autuar motoristas infratores depois de realização de treinamentos específicos direcionados aos guardas civis e convênio firmado entre Prefeitura e Estado.

CAMPANHA MAIO AMARELO – Jorge Akira enfatizou que um dos desafios da secretaria, enquanto gestora do trânsito, é a diminuição de acidentes. Ele disse “que falta muito” para os motoristas se conscientizarem de um trânsito seguro. A campanha “Maio Amarelo” – deflagrada pela Semuttran – visa a realização de blitzes nas principais vias da cidade para “orientar” os condutores.

Um dos ‘braços’ da Semuttran, o Ciet (Centro Infantil para Educação no Trânsito) recebe oito mil e quinhentas crianças, anualmente, provenientes do ensino fundamental, em sua sede localizada na área de lazer do Parque da Rua do Porto. “Tem que começar com as crianças porque nós somos o 5º país do mundo em número de óbitos no trânsito. A conscientização do motorista é muito lenta, é por isso que nós temos de ficar todo ano lembrando, fazendo campanhas, ou seja, esse trabalho tem que ser diário. As pessoas, infelizmente, ainda não se conscientizaram sobre as regras de trânsito”.

Concluiu a entrevista na atração semanal citando uma meta da ONU (Organização das Nações Unidas), que projeta, para 2020, a redução do número de acidentes em 50% em todo o mundo.



Texto:  Marcelo Bandeira - MTB 33.121
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: Trânsito e Transportes

Notícias relacionadas