PIRACICABA, SÁBADO, 18 DE NOVEMBRO DE 2017 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

06 DE SETEMBRO DE 2017

Projeto aproxima ciência de professores e alunos da rede estadual


Vereador Isac Souza estreitou os laços entre Diretoria Regional de Ensino e Apta para a criação de A Ciência na Escola



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução



Criar, aprovar ou rejeitar projetos estão entre as principais obrigações do Legislativo nos municípios. Assim que assumiu o mandato na Câmara, em 1º de janeiro, o vereador Isac Souza (PTB) tinha plena convicção destas atribuições. Mas havia, desde o início, o pensamento de ir além, na busca por outras frentes de ação, a partir das demandas sociais.

Chamar a atenção da população para a importância do empreendedorismo num momento delicado da economia tem sido uma delas, como também o estabelecimento de parcerias em prol da educação. E é nesta última área que, passados oito meses de atuação na Casa de Leis, o parlamentar comemora a chegada do projeto A Ciência na Escola.

Produto de uma parceria entre a Diretoria Regional de Ensino (DRE) e o polo regional Centro Sul da APTA (Agência Paulista de Tecnologia e Agronegócios), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, o projeto consiste na formação dos professores da rede estadual acerca de questões teóricas e práticas ligadas à agricultura e ao meio ambiente para aplicação no processo de aprendizagem dos alunos do sexto ao nono anos do ensino fundamental e do ensino médio, nas disciplinas de ciências e biologias.

Na prática, a intenção é que o contato entre professores e profissionais da Agência colabore para o dinamismo das aulas e, como isso, mais crianças e jovens se interessem pela ciência.

Mas, em qual contexto se aplicaria a atuação de um parlamentar no projeto?

A mentalidade do vereador é a de que "há muitas coisas boas no município, que, às vezes, estão desconectadas".

O que ele fez, neste caso, foi provocar a "conexão", ou, em outras palavras: levou a ideia para ambos os órgãos e provocou o diálogo entre eles. “Poucas pessoas conhecem o trabalho desenvolvido no polo da Apta em Piracicaba. É algo normal no país, infelizmente não há uma cultura fortalecida para esse tipo de atividade. Então, conversando com o Fábio Dias, diretor da Apta, percebi a vontade de aproximação com a sociedade, de reunir a teoria e a prática.”

Isac sempre foi muito interessado por áreas como ciências, inovação e tecnologia. Ele percebeu que o diálogo com a Diretoria Regional de Ensino teria maiores chances de prosperar para que as parcerias fossem firmadas, já que tanto a DRE quanto a Apta são de responsabilidade do Governo do Estado de São Paulo. “Fui atrás da outra ponta, no caso, as nossas escolas. Houve a abertura do dirigente Fábio Negreiros e demos início às reuniões para viabilizar a parceria. O processo andou com muita tranquilidade”, informou o vereador, que acompanhou cada passo da implantação.

A assinatura do convênio aconteceu no dia 15 de agosto, quando 40 vagas foram abertas e os professores da rede estadual começaram a frequentar o primeiro curso de atualização. Na ocasião, o vice-prefeito José Antonio de Godoy manifestou interesse em levar o projeto para a rede municipal de ensino, assunto inclusive levado anteriormente por Isac à secretária de Educação, Ângela Jorge Correa.

As aulas de capacitação seguem até 24 de novembro, têm carga horária de 50 horas e abordam Agricultura sustentável, Resíduos sólidos urbanos, Qualidade microbiológica dos alimentos, Fungos, doenças de plantas e defensivos agrícolas, A importância da polinização das abelhas para a agricultura e para a natureza e Genética e melhoramento das plantas.

Os profissionais da Apta responsáveis pelas atividades são Patricia Prati, Cláudia Mira Attanasio, Vera Lúcia Pimentel Salazar, Luciana Aparecida Carlini Garcia, Edmilson José Ambrosano, Marise Cagnin Martins Parisi, Maria Imaculada Zucci e Fábio Luis Ferreira Dias.

Após a etapa de atualização, o encerramento das atividades será marcado pela Semana da Ciência na Escola, no dia 24 de novembro. “Será um momento em que os alunos terão a oportunidade de visitar a Apta para apresentar os trabalhos que foram provocados em sala de aula pelos professores participantes dos cursos”, informou Isac.

Além do trabalho promovido com os professores, a Apta iniciou um projeto-piloto com os estudantes da Escola Estadual Professor Doutor João Chiarini, no bairro Vila Fátima, escolhida por estar no mesmo bairro que o polo piracicabano da Apta. Neste caso, a aproximação dos alunos é intencional, para que possam , na própria comunidade, entender, informar e difundir as atividades realizadas pela agência. O mesmo projeto também foi estendido para o corpo discente da Escola Estadual Professor Manassés Ephrain Pereira, no bairro Monte Líbano.

Segundo Isac, assim que houver o encerramento das ações deste ano, novas reuniões serão agendadas para o planejamento de 2018. “Queremos um trabalho institucionalizado, ou seja, que continue por muito tempo", disse o vereador. “Esse projeto nos mostra que, quando há abertura, que foi o que enxerguei neste caso, são grandes as chances de integração e de prosperidade.”



Texto:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Reportagem de TV:  Rebeca Paroli - MTB 25.992


Tópicos: EducaçãoIsac Souza

Notícias relacionadas