PIRACICABA, SÁBADO, 19 DE OUTUBRO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

19 DE SETEMBRO DE 2019

Lupy Futebol Clube será homenageado pelos 30 anos de fundação


Clube nasceu no bairro Paulista e atualmente possui três times



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Aprovação de propositura ocorreu na 52ª reunião ordinária






O Lupy Futebol Clube será homenageado com a moção de aplausos 167/2019, de autoria do vereador Pedro Kawai (PSDB), pelos 30 anos de fundação. A propositura foi aprovada nesta quinta-feira (19), na 52ª reunião ordinária.

A história do Lupy Futebol Clube nasceu no bairro Paulista. A estreia aconteceu nos gramados da Arena Paschoalini, localizado no Condomínio Bonnie Vie, no Campestre. A ideia de criar um time partiu de Paulinho Paschoalini.

O nome do clube surgiu em 2005, quando praticavam futebol no campo de Volta Grande. No local existia um cachorro chamado Lupy, que se tornou um mascote dócil e amigável. Com isso, os integrantes tiveram a ideia de batizar o nome do time em homenagem ao mascote.

Atualmente, o clube possui três times, com integrantes entre 16 e 70 anos de idade, profissionais de vários ramos de atividades: dentistas, professores advogados, engenheiros, empresários, estudantes, funcionários de indústrias, comerciários e bancários.

Os frequentadores se reúnem às quartas-feiras, em dois campos: na Arena Silveirão, no bairro Campestre, e aos sábados, na Arena Sinhoretão, no bairro Volta Grande. Após o futebol, os integrantes costumar realizar uma confraternização.

O clube é presidido por João José Silveira, conhecido como Juca, que conta com o apoio dos colegas mais ativos do clube e auxiliam na criação de condições para manter viva a história do mascote Lupy.

Em sua justificativa na tribuna, Pedro Kawai comentou sobre o suicídio e que a convivência com amigos é essencial. “Falta convívio entre amigos, a conversa, o diálogo e o desabafo”, disse. “Quantos problemas estão acontecendo por falta de relacionamento ou daquela conversa olho no olho?”, questionou.

Ele explicou que o Lupy faz esse trabalho entre amigos. “Pensem se é fácil conviver 30 anos com o mesmo grupo de amigos? Tem que ter muita harmonia. O bom senso e a amizade sempre prevalecem”, relatou.

“Quero agradecer essa Casa por reconhecer a força da amizade e das pessoas que vivem em comunidade. Isso é importante. Vamos usar a força do abraço assim como o Lupy faz”, finalizou.  



Texto:  Fernanda Rizzi
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583


Tópicos: LegislativoPedro Kawai

Notícias relacionadas