PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 17 DE DEZEMBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

16 DE FEVEREIRO DE 2018

Fórum de Sustentabilidade cria grupos de estudos do Plano Diretor


Colegiado atua na gestão e planejamento territorial sustentável e realizou, nesta sexta-feira (16), o segundo encontro com profissionais de diferentes segmentos



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (1 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Fórum Permanente realizou, na tarde desta sexta-feira (16), o segundo encontro

Fórum Permanente realizou, na tarde desta sexta-feira (16), o segundo encontro
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (2 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Fórum Permanente realizou, na tarde desta sexta-feira (16), o segundo encontro

Fórum Permanente realizou, na tarde desta sexta-feira (16), o segundo encontro
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (3 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Ligia Duarte apresentou histórico do planejamento urbano em Piracicaba

Ligia Duarte apresentou histórico do planejamento urbano em Piracicaba
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (4 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Nancy Thame (PSDB) destacou processo de construção coletiva das propostas

Nancy Thame (PSDB) destacou processo de construção coletiva das propostas
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (5 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Maria Beatriz, do Ipplap, destacou o cronograma de revisão do Plano Diretor do Município

Maria Beatriz, do Ipplap, destacou o cronograma de revisão do Plano Diretor do Município
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 (6 de 6) Salvar imagem em alta resolução

Warwick Manfrinato apresentou o modelo de Corredores Ecológicos do Brasil

Warwick Manfrinato apresentou o modelo de Corredores Ecológicos do Brasil
Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Fórum Permanente realizou, na tarde desta sexta-feira (16), o segundo encontro



O Fórum Permanente de Gestão e Planejamento Territorial Sustentável da Câmara de Vereadores de Piracicaba realizou, na tarde desta sexta-feira (16), o segundo encontro desde a formação do colegiado no ano passado. Na oportunidade, foram divididos grupos de estudos específicos que criarão propostas para a revisão do Plano Diretor do Município (PDM).

“Desde o início do Fórum, o desafio é o trabalho coletivo, é a construção conjunta de propostas que possam contribuir com a elaboração do novo Plano Diretor”, explica a vereadora Nancy Thame (PSDB), co-autora do 48/2017, que criou o colegiado, ao lado do vereador Paulo Serra (PPS). Ela avalia que este processo contribuirá para a solidez das mudanças no PDM. 

“Vontade política é resultado da pressão”, ressaltou Nancy Thame, ao defender que o Fórum tem condições de contribuir com o processo implementado pela Prefeitura de Piracicaba, que, paralelamente, busca informações técnicas e participativas de reformulação – a primeira audiência acontece na próxima quarta-feira (21), às 19h, no auditório do Centro Cívico. 

A partir das intervenções dos membros do Fórum na primeira reunião em 15 de dezembro de 2017 foram criados três eixos de atuação: 1) Plano Municipal/Desenvolvimento Urbano; 2) Desenvolvimento Rural Sustentável; e 3) Educação Ambiental. Divididos em grupos a partir de interesse de área, eles construíram propostas iniciais para interação com o PDM. 

Dentre os participantes do Grupo Plano Municipal/Desenvolvimento Urbano, foi apresentada a necessidade de convergência de planos setoriais ao PDM, especialmente os planos de mobilidade, de uso da água e de habitação. Já o Grupo Desenvolvimento Rural Sustentável, lembrou da necessidade de fronteiras mais claras entre o rural e o urbano, para que um modelo não sofra invasão do outro. Por fim, o Grupo Educação Ambiental sugeriu a atuação específica em oficinas propostas pela Prefeitura de Piracicaba com o intuito de municiar a população com dados para análise do PDM. 

Maria Beatriz Siloto Dias, engenheira civil do Ipplap (Instituto de Pesquisa e Planejamento de Piracicaba), apresentou o cronograma de audiências e oficinas para revisão do Plano Diretor do Município e lembrou que a intenção é passar por diferentes regiões da cidade, com o intuito de oferecer a oportunidade para um maior número de interessados em contribuir com o PDM. 

“O Fórum Permanente pode contribuir muito com esse processo, ao trazer informações que dêem embasamento para o debate e, ao mesmo tempo, possam ser absorvidos”, avaliou Maria Beatriz. 

HISTÓRICO - Aprovado no projeto de decreto legislativo 48/2017, o Fórum recebeu representantes da CATI (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral) da Secretaria de Estado de Agricultura e Abastecimento, do Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) e de órgãos municipais, como as secretarias de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), Obras (Semob), Agricultura e Abastecimento (Sema), Ipplap e do Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto). 

Estiveram representantes de instituições acadêmicas, como Esalq, Unimep e Senac, e organizações da sociedade civil, Mandato Coletivo Trentino-Tirolez, GMEA (Grupo Multidisciplinar de Educação Ambiental) e Comdema (Comissão Municipal de Defesa do Meio Ambiente).



Texto:  Erich Vallim Vicente - MTB 40.337
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: Fórum Gestão e Planejamento Territorial SustentávelPaulo SerraNancy Thame

Notícias relacionadas