PIRACICABA, SEGUNDA-FEIRA, 18 DE NOVEMBRO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

10 DE SETEMBRO DE 2019

Em Brasília, presidente integra comitiva em busca de recursos à saúde


Junto com o prefeito Barjas Negri e o secretário municipal de Saúde, Pedro Mello, Gilmar Rotta foi recebido pelo ministro da Saúde.



EM BRASÍLIA (DF)  

Foto: Assessoria parlamentar (1 de 2) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Assessoria parlamentar (2 de 2) Salvar imagem em alta resolução
Foto: Assessoria parlamentar Salvar imagem em alta resolução


O presidente da Câmara de Vereadores de Piracicaba, Gilmar Rotta (MDB), está nesta terça-feira (10) em Brasília (DF) buscando, mais uma vez, recursos para a área da saúde do sistema público da cidade. O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, recebe a comitiva composta também pelo prefeito Barjas Negri (PSDB) e pelo secretário municipal de Saúde, Pedro Mello. O encontro foi intermediado pelo deputado federal Gilberto Nascimento (PSC-SP).

Há dois anos, Gilmar Rotta vem atuando em busca de soluções para questões como o aumento do teto do Sistema Único de Saúde para a cidade, atingindo já dois aumentos, num total de R$ 20 milhões.

Agora, o foco é quanto à manutenção do programa de residência médica, considerando que a cidade integra o Programa Mais Médicos e foi selecionada para ser sede de uma faculdade de medicina. "Na residência médica, contamos com 37 residentes formados e 48 cursando. A Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia já reconhece a cidade com o selo de excelência", informou a comitiva ao ministro.

Segundo Gilmar Rotta, o objetivo é conseguir que o Ministério arque com as despesas da residência, o que hoje é feito pelo município, retirando recursos do orçamento local da saúde. "O município precisa de uma nova abertura para adesão ao programa para que o ministério repasse os valores", explicou.

Ainda na pauta com o ministro está a busca de soluções para a habilitação do município no programa da Rede de Atenção Psicossocial e para recursos ao Programa Melhor em Casa, que funciona no município desde 1996 e atualmente atende 196 pacientes ao mês. Também no pedido levado ao ministério está a liberação de emenda parlamentar destinada à ampliação da unidade básica de saúde do Jardim Caxambu.

Segundo o presidente da Câmara, a expectativa é de que o governo federal se sensibilize com as demandas de Piracicaba e atenda aos pedidos levados pela comitiva. "Sabemos das dificuldades da economia, mas o nosso trabalho é fortalecer as demandas da cidade para levar melhorias na área de saúde", finalizou Gilmar Rotta.



Texto:  Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: SaúdeGilmar Rotta

Notícias relacionadas