PIRACICABA, SÁBADO, 20 DE OUTUBRO DE 2018 Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

09 DE OUTUBRO DE 2018

Coronel Adriana discute “Drogas e suas Consequências” na Vila Rezende


Público-alvo são crianças, adolescentes, pais e responsáveis



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Assessoria parlamentar (1 de 2) Salvar imagem em alta resolução

Coronel Adriana transmite informações e dados sobre drogas

Coronel Adriana transmite informações e dados sobre drogas
Foto: Assessoria parlamentar (2 de 2) Salvar imagem em alta resolução

Parlamentar enfatiza que a prevenção é nossa melhor aliada

Parlamentar enfatiza que a prevenção é nossa melhor aliada
Foto: Assessoria parlamentar Salvar imagem em alta resolução

Parlamentar enfatiza que a prevenção é nossa melhor aliada



A vereadora Adriana Cristina Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (PPS), ministrou na manhã de sábado, 22 de setembro, palestra voluntária sobre prevenção ao uso de drogas no Centro Espírita Allan Kardeck, Vila Rezende.

A legisladora ressaltou o objetivo de fortalecer as pessoas por meio de informação para que optem em fazer boas escolhas e respeitem os valores familiares.

Durante o evento, a vereadora conceituou o que são as drogas, classificações com os critérios de licitude do uso, efeitos, dependências, tipo de droga, funcionamento no sistema nervoso central, como reconhecer usuários. Na oportunidade, apresentou diferenças entre uso, abuso, como as drogas são comercializadas no Brasil, dados sobre a gravidade do problema e questões de segurança pública relacionadas ao consumo.

Conforme informações da PeNSE (Pesquisa Nacional de Saúde Escolar), divulgadas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2017, no ano anterior, 55% dos alunos do 9º ano entre 13 e 14 anos experimentaram bebida alcoólica. A mesma pesquisa revela que a proporção de jovens que experimentaram drogas ilícitas subiu de 230,2 mil para 236,8 mil e 21,4% sofreram algum episódio de embriaguez na vida.

“A prevenção deve ser nossa prioridade. Hoje em dia maus exemplos são muitos, mas a escolha é somente da pessoa, pois qualquer um pode e deve ter uma vida saudável sem exageros. Basta dizer não”, finalizou.



Texto:  Assessoria parlamentar
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343


Tópicos: EducaçãoAdriana Nunes

Notícias relacionadas