PIRACICABA, QUARTA-FEIRA, 13 DE NOVEMBRO DE 2019
Aumentar tamanho da letra
Página inicial  /  Webmail

11 DE JUNHO DE 2019

Coronel Adriana cobra Executivo sobre Gestão de Centros Comunitários


Alunos da Unimep desenvolveram software de forma voluntária, lembrou vereadora



EM PIRACICABA (SP)  

Foto: Fabrice Desmonts - MTB 22.946 Salvar imagem em alta resolução

Vereadora quer saber se o programa já foi alimentado com as informações necessárias.






Conforme o requerimento 473/2019, a vereadora Adriana Sgrigneiro Nunes, a Coronel Adriana (CID), solicita informações do Executivo sobre o programa de Gestão de Centros Comunitários. A aprovação da propositura ocorreu na 35ª reunião ordinária, na noite desta segunda-feira (10).

Por meio da indicação 1.463/2019, os alunos do curso de graduação em tecnologia da informática da Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba) desenvolveram um software como tese de encerramento de curso em 2018, gratuitamente, destinado a gestão de Centros Comunitários. O projeto teve a coordenação de Coronel Adriana, autorização do prefeito Barjas Negri e foi direcionado à Secretaria de Governo.

O trabalho iniciou em 7 de fevereiro de 2018, após a primeira reunião com o prefeito, que sinalizou positivamente. Logo após, foi encaminhado à prefeitura para a sua instalação, inclusão de informações para alimentar o banco de dados, treinamento dos usuários (lideranças comunitárias) e a entrada em operação.

No mesmo período, a vereadora encaminhou a indicação 3.283/2018 à prefeitura e com a minuta de um projeto de decreto, que regularia a cessão do uso dos próprios municipais denominados Centro Comunitários. No entanto, até o momento, nenhuma ação foi tomada para a implantação desse serviço.

A parlamentar quer saber se o programa já foi alimentado com as informações necessárias, quantos gestores de Centros Comunitários foram cadastrados e treinados para a utilização, quem é o responsável por esse processo na prefeitura e se o decreto que estabelece normas de permissão de uso já foi editado. 

Durante a 35ª reunião ordinária, a vereadora ocupou a tribuna da Câmara. Ela considerou ser um desrespeito a postura,  lembrou que o programa está pronto e foi desenvolvido de forma totalmente gratuita.

Segundo Adriana, uma reunião sobre o assunto ocorreu na prefeitura, nessa segunda-feira (10), quando ela recebeu a informação que o programa não possui nenhum problema para a instalação. 

"Nós precisamos valorizar quem trabalha voluntariamente para fazer um programa para ser instalado e para ajudar as pessoas da cidade. Estão cozinhando o galo comigo", disse ela.



Texto:  Fernanda Rizzi
Supervisão de Texto e Fotografia: Valéria Rodrigues - MTB 23.343
Revisão:  Rodrigo Alves - MTB 42.583
Imagens de TV:  TV Câmara


Tópicos: LegislativoAdriana Nunes

Notícias relacionadas